• Mar Bahia

Área em Boipeba pode ser entregue à iniciativa privada

Informações divulgadas pelo site The Intercept Brasil no último dia 16 apontam mais de 200 áreas do Brasil que, em breve, podem ser concedidas à iniciativa privada, incluindo uma região de Ponta de Castelhanos, na Ilha de Boipeba, no Sul da Bahia.

Foto: Site Mar Bahia

De acordo com a publicação, estas áreas foram mapeadas pelos governos estaduais (17 estados e Distrito Federal) a pedido do Governo Federal. Em Boipeba, o empreendimento a ser construído seria um complexo de luxo em nome da Mangaba Cultivo de Coco Ltda, composto por casas de alto padrão, pousadas, campos de golfe, píer para mais de 150 barcos e aeroporto, ocupando 20% da ilha.


Veja também

Boipeba: um destino apaixonante na Costa do Dendê

Todos os detalhes dos novos naufrágios:"Salvador se tornará a capital mundial do mergulho"

Vem aí a Transat Jacques Vabre


Em março deste ano, um documento com o termo de compromisso de compensação foi assinado juntos aos órgãos do governo. Nele constaria a obrigação do empreendimento em apoiar a manutenção de unidade de conservação, decorrente da implantação do complexo no povoado de São Sebastião da Cova da Onça, em Boipeba. Entretanto, a liberação da obra segue a passos lentos, uma vez que, a liberação é requerida desde 2014 e, ainda em maio deste ano, o Ministério Público da Bahia enviou recomendação à Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema) e ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), para que interrompam o processo de licenciamento.


Vale lembrar que a região em questão está situada em uma Área de Proteção Ambiental (APA) de 1.651 hectares. A obra, de acordo com o documento, estaria orçada em R$150 milhões. A planilha com o detalhamento de todas as áreas a serem cedidas no Brasil pode ser encontrada aqui.


#boipeba #castelhanos #costadodende #turismo #bahia #economia #negocios #interceptbrasil #ministeriodoturismo #marbahia

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.