• Mar Bahia

Conheça algumas recomendações para a prática de SUP

Foto: Mar Bahia

Após o incidente com os remadores na Baia de Todos os Santos neste fim de semana, a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) publicou alguns esclarecimentos e recomendações em relação às práticas de Stand Up Paddle. De acordo com a CPBA, apesar de propiciarem a locomoção no meio aquático, as pranchas de stand up paddle (SUP) não são consideradas embarcações, em especial no que diz respeito à caracterização dada pelo artigo 2º da Lei nº 9.537/1997 que dispõe sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário, no tocante a sua inscrição. Ainda assim, as normas da Autoridade Marítima e, em especial, as normas e procedimentos da Capitania dos Portos da Bahia trazem algumas recomendações de segurança para os usuários de pranchas SUP, tais como:


Veja também:

Cap. Portos da Bahia| Leonardo Reis: "Todo acidente traz lições. E a gente sempre pode melhorar"

  • usar o cabo de segurança (fiel ou corda) preso ao tornozelo;

  • usar colete salva-vidas;

  • informar a uma pessoa conhecida a hora de saída e previsão de chegada,

  • quando for remar a uma distância mais longa; nunca sair sozinho(a) para remar; antes da sair,

  • tomar conhecimento das condições climáticas e das tábuas da maré, evitando possíveis situações de risco;

  • ter conhecimento das regras de navegação, principalmente em lugares de trânsito de embarcações;

  • evitar o tráfego e fundeio em canais de acesso aos portos;

  • não ingerir bebidas alcoólicas antes ou durante a prática do SUP;

  • não permitir que crianças pratiquem essa modalidade desacompanhadas;

  • ter atenção aos banhistas, nadadores, e pequenas embarcações a fim de evitar colisões e acidentes.

É importante também que as empresas responsáveis pelo aluguel de embarcações realizem um briefing com as noções básicas de remadas e tenham registros e acompanhamento das saídas dos clientes.


Emergências marítimas

A velocidade com que a informação da emergência com os remadores chegou ao Serviço de Busca e Salvamento Marítimo do Leste foi fundamental para que a operação de resgate tenha obtido êxito. Dessa forma, a Marinha do Brasil reitera a importância de se divulgar os números de telefone 185 para emergências marítimas e (71) 3507-3777 da Capitania dos Portos da Bahia, que são guarnecidos 24 horas por dia, todos os dias do ano.

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.