• Mar Bahia

Contagem regressiva para sentença de velejadores brasileiros

Com o fim do julgamento dos velejadores brasileiros em Cabo Verde, a famíla do skipper baiano Rodrigo Dantas começou uma contagem regressiva para a sentença final do caso, que será anunciada para o dia 29 de março.


O Mar Bahia conversou com o pai de Rodrigo, João Dantas, diretamente de Cabo Verde, onde eles aguardam o resultado. "Estamos todos muito serenos e confiantes na absolvição de todos os velejadores envolvidos nesta situação. O julgamento foi bastante tenso, mas ao mesmo tempo, coberto de provas de que eles não são culpados. Estão tentando inverter o ônus da prova para os acusados, ou seja, são eles que têm que provar que são inocentes, mas não há nenhuma materialidade que comprove a relação deles com o que foi apreendido", declarou João.


Segundo ele, Rodrigo e os demais envolvidos estão bem, dentro do possível para uma situação como esta, onde se encontram reclusos em uma prisão de segurança máxima. Ainda de acordo com João, caso haja uma condenação, eles irão recorrer, mas que de fato, acreditam num desfecho positivo para os velejadores. "O relatório da Polícia Federal brasileira, que havia sido recusado, foi acatado pelo juiz no último momento do julgamento. Tudo está muito bem explicado, por isso, acreditamos na absolvição e estamos muito serenos e esperançosos que tudo dê certo e possamos voltar ao Brasil tão logo a sentença seja dada".


O barco onde foi apreendida a droga se encontra em Mindelo, no Porto Grande. Segundo João, apesar desta região ser totalmente marítima, as pessoas desconhecem que exista a profissão de skipper e que tenha gente que, de fato, muitas vezes paguem para terem as milhas suficientes para realizarem seu sonho profissional, como fez Rodrigo. "É uma pena que seja assim, mas já provamos tudo que havia para provar. Para você ter uma ideia, as testemunhas que vieram do Brasil impressionaram a todos, pela força dos depoimentos. Foi tão emocionante que nem a acusação teve perguntas após as falas de muitos capitães e amigos dos velejadores, que atestaram a inocência deles. Faltam dez dias para a sentença e estamos muito confiantes", concluiu João.


#caboverde #velejadoresbrasileiros #skipper #marbahia


© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.