• Mar Bahia

Leilão e novo filme marcam 110 anos do naufrágio do Titanic. Veja outras curiosidades

Vários itens pertencentes a sobreviventes do Titanic serão leiloados em Belfast, Irlanda do Norte, no final deste mês. Os objetos serão vendidos nas proximidades do local onde o navio foi construído, o estaleiro Harland and Wolff, em 1912 - mesmo ano em que afundou, em 14 de abril, após colidir com um iceberg justamente em sua viagem inaugural, entre Southampton (Inglaterra) e Nova York (EUA). Mais de 1.500 pessoas morreram na tragédia.

Foto: Bloomfield Auctions/Darren Kidd/Presseye via BBC

Os itens que vão a leilão incluem um cobertor para passageiros no convés e uma caixa de pequenos itens e quinquilharias - ambos teriam pertencido a uma sobrevivente do Titanic chamada Margaret "Molly" Brown. Ela foi uma socialite norte-americana e ativista pelos direitos de mulheres, crianças e trabalhadores. Depois do naufrágio, ela estabeleceu o Comitê de Sobreviventes, arrecadando milhares para aqueles que ficaram desamparados pelo desastre.


Paralelamente, um novo filme sobre o Titanic (Titanic 666) - desta vez de terror - será lançado no dia 15 de abril, na plataforma Tubi, e mostrará as consequências sobrenaturais do naufrágio 110 anos depois do acidente, quando passageiros embarcam na réplica moderna do Titanic III para conhecerem o local da tragédia. Ao chegar lá, forças sombrias da profundeza voltam à superfície, aterrorizando a todos.


Se vale como spoiler, o aviso de mau gosto está dado! (Veja o trailer)



Curiosidades


  • O Titanic media 269 metros de comprimento. Entre tripulação e passageiros, ele comportava cerca de 3,3 mil pessoas. O maior navio de passageiros do mundo atualmente é o Wonder of the Seas, que tem 362 metros de comprimento, acomoda 7 mil passageiros e 2,3 mil tripulantes.

  • O Titanic foi construído em 1909 para ser o navio mais seguro de sua época. Além disso, havia um grande interesse da companhia britânica White Star Line de vencer o prêmio “Fita Azul”, que contemplava o navio de passageiros que fizesse em menor tempo o trajeto entre a Europa e os Estados Unidos.

  • De acordo com reportagens da época e relatos históricos, o naufrágio do navio durou 2 horas e 40 minutos depois da colisão com o iceberg. O filme Titanic, de James Cameron, considerando as cenas ambientadas em 1912 — exceto as cenas atuais e os créditos iniciais e finais —, tem o tempo exato que levou para o Titanic afundar.

  • O diretor James Cameron também usou os mesmos 37 segundos gastos pelo Titanic quando bateu no iceberg para reproduzir a cena nas telonas.

  • A temperatura da água chegava a -2 °C e a maioria das pessoas não conseguiu sobreviver mais de 15 minutos devido à hipotermia.

  • Os destroços do navio só foram encontrados 73 anos depois, em 1985, a cerca de 600 km da costa de Newfoundland e a quase 4 km abaixo do nível do mar.




0 comentário