• Mar Bahia

A Sexta-feira 13 e as superstições do mar

A sexta-feira é 13 e o mundo inteiro segue inúmeras superstições em terra. Mas e no mar? Sabia que uma delas é jamais zarpar de um porto numa sexta? Se for 13 então...confira abaixo algumas delas, que mesmo com o passar dos séculos, seguem valendo para os marinheiros mais precavidos!


Jamais zarpar numa sexta-feira

Segundo a superstição náutica, jamais se deve partir de um porto numa sexta-feira. A origem da precaução vem da crença de que ao fazer isso, estaria desagradando a deusa nórdica Freya (Sexta-feira). Outra explicação diz que antigamente os marinheiros eram pagos às sextas, sendo difícil encontrar um sóbrio que pudesse estar a bordo . Na dúvida, melhor soltar as amarras antes ou depois...

Netuno/Poseidon: o Deus do Mar

Assobiar

Dizem os antigos que o assobio chama o vento e esse vento pode ser uma ventania que o comandante pode não saber lidar a bordo. Na dúvida entre a calmaria e a tempestade, a solução pode estar num meio termo! Os romanos Netuno o deus do mar, sendo perigoso e instável, como os ventos, que viriam de seu nervosismo. Por outro lado, quando o mar estava calmo era porque este deus encontrava-se tranquilo.


Nunca dizer algumas palavras

Evite dizer "boa sorte" a alguém que esteja a bordo, assim como "coelho" e levar flores para uma embarcação. Evite também entrar com o pé esquerdo, pois se o fizer é capaz de ouvir à sua volta um "quebre a perna", para desfazer o azar.


Mudar o nome do barco

Essa é "batata" e é bastante seguida até hoje. Acredita-se que trocar o nome de um barco traz muito azar ao novo dono. Se realmente for necessário rebatizar a embarcação, é preciso seguir um ritual específico para que essa troca seja feita sem problemas.


O "Mestre dos Magos"

Sabe aquele velhinho com um cachimbo que sempre é associado a uma imagem de velho comandante? Então... a representação vem de mais uma lenda náutica nórdica, que cultua o velho Klabautermann, uma espécie de "Mestre dos Magos", que ajuda a resolver as causas mais urgentes a bordo, sobretudo as piores e imprevisíveis quebras, além de ajudar nos resgates e ter um talento musical invejável. Alguém já ouviu?


Animais

Acredita-se que tê-los a bordo sempre traz boa sorte, com exceção do coelho, claro! (rss). A tradição conta que, principalmente, cachorros e gatos são bem-vindos a bordo, trazendo boas energias e afastando as más.

Foto: Reprodução

Tattoo

É difícil conhecer um navegador que não tenha uma tatuagem ou pelo menos não tenha vontade de fazê-la. É uma tradição que remonta de séculos e séculos, desde as primeiras navegações. Tatuar porco e galo nos pés pode livrar os comandantes de um naufrágio, já tatuar a rosa dos ventos, inspira os navegadores a encontrar os rumos certos no mar. Eu já tenho a minha!


E aí, conhece outras superstições? Manda pra gente!

sitemarbahia@gmail.com


#curiosidades #supersticoes #sextafeira13 #nautica #mar #abordo #lendas #marbahia

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.