• Mar Bahia

Aleixo Belov segue Volta ao Mundo pela Micronesia


O navegador ucrano-baiano Aleixo Belov segue por mais de um ano em sua viagem de Volta ao Mundo a bordo do veleiro Fraternidade. Após chegar ao Alaska - seu principal objetivo - Aleixo e a tripulação seguem a viagem de volta a Salvador sem pressa. Neste momento, passam pela Micronesia, onde compartilham um pouco da experiência com as tribos desta região.



"Após várias voltas ao mundo navegando mais pelo Pacífico Sul, resolvi trilhar desta vez com O Veleiro Escola Fraternidade pelo Oceano Pacífico Norte. Atravessar estas águas quer dizer passar entre 2000 atóis, arrecifes ou pequenas ilhas com todo cuidado, sem errar a navegação. Depois de passar o Natal navegando no Pacífico Norte, longe da família e dos amigos, o barco foi se aproximando do Atol de Lamotrek. Um atol é nada mais do que uma barreira de corais em volta de uma ilha que já afundou alguns milhões de anos atrás, sem deixar vestígios a não ser uma laguna em seu lugar. A ilha vai afundando devagar, dando tempo ao coral crescer sem parar até a flor da água.


Aqui se vive em regime tribal. Procurei o chefe e me apresentei. Não precisei fazer papeis, não tem internet, nem WIFI, nem telefone. A maioria das pessoas usam apenas um pano amarrado na cintura, as mulheres mais velhas com os seus peitos ao sabor do vento, que por falta de sutiã já beiram a cintura. As crianças de ambos os sexos andam nuas. A vida tribal respira paz e sossego".


#aleixobelov #lamotrek #micronesia #marbahia





Foto: Aleixo Belov/Leonardo Papini

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.