top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Aratu-Maragojipe 54 anos: muitas histórias já vividas na maior Regata-Percurso do Brasil


O ano era 1969, oito anos após a fundação do Aratu Iate Clube, tradicional agremiação náutica situada na bela Baía de Aratu, tríplice fronteira entre as cidades de Simões Filho, Salvador e Candeias. Um grupo de associados do clube, naturais da cidade de Maragojipe, no Recôncavo Baiano, decidiu realizar uma regata-passeio para a sua cidade natal, partindo da Baía de Aratu.


Era agosto, mês em que a cidade de Maragojipe comemora o seu Santo padroeiro, São Bartolomeu. As primeiras embarcações - tradicionais saveiros e pequenos veleiros – não chegavam a quinze.

Foto: Will Recarey

Ao longo dos anos, a Regata Aratu-Maragojipe, sempre considerada como um evento mais turístico do que propriamente uma competição, foi incorporando novos participantes, das mais variadas idades.


Famílias e grupos de amigos ainda é maioria até hoje nas animadas tripulações, que percorrem a bordo de veleiros, 32 milhas náuticas (cerca de 60 km) das imediações de Ilha de Maré, na saída da baía de Aratu, em Simões Filho, até a “patriótica cidade de Maragojipe”, conhecida assim nos livros de história.


O percurso é um episódio à parte. Um trecho pelas belas e tropicais águas da Baía de Todos-os-Santos, segunda maior baía do mundo, outro trecho pelo Rio Paraguaçu, margeada por mata atlântica nativa, manguezais e construções históricas, como o Forte da Salamina e o Convento de Santo Antônio do Paraguaçu.


ENERGIA LIMPA


As embarcações que competem na Regata Aratu-Maragojipe são um exemplo de respeito ao meio ambiente. Todas se utilizam da energia mais limpa da natureza, a ENERGIA EÓLICA, como força motriz.


Os velejadores também têm uma grande preocupação com todo o lixo produzido a bordo durante o evento. Ele é acondicionado de forma correta e só é descartado ao desembarcarem, em local apropriado.


RESERVA EXTRATIVISTA MARINHA DA BAÍA DO IGUAPE


A cidade de Maragojipe, bem como boa parte do trecho do Rio Paraguaçu percorrido pelos veleiros, estão dentro da poligonal da Reserva Extrativista Marinha da Baía do Iguape, sob gestão do ICMBio e de um Conselho composto por diversos representantes das comunidades locais. Isso aumenta ainda mais a responsabilidade dos participantes com a preservação ambiental. O Aratu Iate Clube elaborou cartilha para todos os participantes do evento, com informações e orientações acerca da reserva.

SAVEIROS E CANOAS À VELA


As comunidades do entorno do Rio Paraguaçu ainda mantém uma importante tradição: realizar competições de Saveiros Vela de Içar e Canoas a vela.


A organização da Regata Aratu-Maragojipe, em parceria com a ASVIBA (Associação de Saveiros Vela de Içar da Bahia) e associação de Canoeiros das localidades de Nagé e Coqueiros, realizarão mais uma vez uma Regata dento do Rio Paraguaçu, contando com a participação de dezenas de saveiristas e canoeiros, com Cerimônia de Premiação na Praça do Caijá, em Maragojipe, por volta das 15h30, também no dia 26 de agosto, com a presença de numeroso público espectador.

Foto: Will Recarey

TURISMO NÁUTICO – FORTE INCREMENTO NA CADEIA PRODUTIVA


“O evento náutico que mais movimenta a cadeia produtiva associada ao Turismo na Baía de Todos-os-Santos” – assim também é conhecida a Regata Aratu-Maragojipe.


Historicamente 10 estados do Brasil, além de países como Argentina e Uruguai também se fazem presentes com seus veleiros e tripulações. Todos são unânimes em reconhecer que a Regata Aratu-Maragojipe é referência em beleza, organização e harmonia entre seus participantes.


Não é à toa que, a cada ano, novos participantes se juntam ao grande contingente de velejadores, tornando-se importantes multiplicadores do evento e da Baía de Todos-os-Santos para todo o Brasil e exterior.


O impacto econômico gerado pelo evento é extremamente significativo. Estimado em três milhões de reais, movimenta fortemente diversos segmentos como hotelaria, gastronomia, empresas aéreas, transporte, vestuário, entretenimento, segurança, combustível, charter náutico e comunicação. É a tão necessária geração de emprego e renda para centenas de baianos.


PROGRAMAÇÃO


A programação da Regata Aratu-Maragojipe 54 anos contempla:


24 de agosto – 18h00 – quinta-feira - sede do Aratu Iate Clube – Reunião Técnica para velejadores, além de palestras com diversos temas.


25 de agosto – 19h00 – sexta-feira – sede do Aratu Iate Clube – Cerimônia de Abertura para convidados, com homenagem a autoridades federais, estaduais e municipais, e patrocinadores, além de show com Alexandre Leão e Banda.


26 de agosto – a partir da 10h00 – sábado – nas imediações de Ilha de Maré – Concentração de veleiros para largadas.


26 de agosto – 15h30 – sábado – Maragojipe – Cerimônia de Premiação da Regata de Saveiros e Canoas a Vela e às 19h30, Cerimônia de Premiação de Veleiros de Oceano.

PATROCINADORES E APOIADORES


A Regata Aratu-Maragojipe 54 anos é uma realização do Aratu Iate Clube, sob gestão do Comodoro Pedro Mutti, e conta com importantes patrocinadores e apoiadores, a exemplo da Secretaria de Turismo da Bahia (SETUR/BA), patrocinadora máster do evento.


Tem o especial patrocínio da Prefeitura de Simões Filho, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda da Prefeitura de Salvador, do SAC Náutico de Salvador e da EMBASA.


Conta com o patrocínio da SOCICAM Náutica e Turismo, B1 Tintas, Dismarmogran Mármores e Granitos e da MI Marine Assistência autorizada Marine Express.


Especial apoio da Prefeitura de Maragojipe, do ICMBio, da Reserva Extrativista Marinha da Baía do Iguape e da Associação de Saveiros Vela de Içar da Bahia.


Apoio Institucional da Marinha do Brasil, da Capitania dos Portos da Bahia, da Associação Náutica da Bahia, da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), da Federação de Esportes Náuticos do Estado da Bahia (FENEB), da Flotilha de Veleiros de Oceano da Bahia (FVOBA) e da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO).


Importante apoio de mídia da Tribuna da Bahia, do Site Mar Bahia, da Revista Let´s Go Bahia, do Programa A Bordo da Rádio Metrópole FM e da Bahia Marina.



INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES


As inscrições podem ser feitas exclusivamente pelo site www.aratumaragojipe.com.br até as 23h59 do dia 24 de agosto, quinta-feira.


No site também os internautas podem ter acesso a informações, fotos e vídeos de edições anteriores.

0 comentário

Comments


bottom of page