top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Contagem regressiva para o Festival Náutico Maria Felipa

Dia 15 de julho, próximo sábado. Essa é a data escolhida para a realização do Festival Náutico Maria Felipa 2023, em comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil na Bahia. Faz uma justa homenagem a uma das grandes heroínas da nossa história, Maria Felipa de Oliveira.

Foto: Will Recarey

O evento tem uma intensa programação que se inicia as 8h30 com um café da manhã para convidados na Marina da Penha, no bairro da Ribeira, em Salvador, seguido de uma “Roda de Conversa” com mulheres empreendedoras no segmento náutico e palestra com o Historiador, Professor e Pesquisador Rafael Dantas. As 12h iniciam-se as manobras da Regata para Veleiros de Oceano, com largada programada para 13h rumo à Marina de Itaparica.


A expectativa é que as primeiras embarcações cruzem a raia de chegada as 15h e a partir das 16h30 as tripulações iniciem o seu desembarque na cidade de Itaparica, onde participarão de um jantar, ao som de sax ao vivo, no pôr-do-sol.


Manifestações culturais de Itaparica, homenagens a patrocinadores e apoiadores, além da cerimônia de premiação, também fazem parte da programação do Festival Náutico Maria Felipa 2023, que tem seu ponto alto na festa de confraternização de velejadores, ao som da cantora Larissa Luz e banda, por volta das 21h.


QUEM FOI MARIA FELIPA?


MARIA FELIPA DE OLIVEIRA. Nascida na Ilha de Itaparica em data desconhecida, marisque ira, pescadora e trabalhadora braçal, ela teria liderado um grupo de 200 pessoas, entre mulheres negras, índios tupinambás e tapuias nas batalhas contra os portugueses que atacavam a Ilha de Itaparica, a partir de 1822.


Com o apoio de homens da cidade, queimou inúmeras embarcações portuguesas, diminuindo o poderio colonizador no decorrer da batalha, e depois, enfrentou os portugueses usando folhas de cansanção, uma folha típica da região, que em contato com a pele dá a sensação de queimação; e toda a ação resultou em uma queda no número de soldados da tropa portuguesa.


Em 26 de julho de 2018 foi declarada Heroína da Pátria Brasileira pela Lei Federal nº 13.697, tendo seu nome inscrito no "Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria", que se encontra no "Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves", situado em Brasília, Distrito Federal.


TURISMO NÁUTICO COM SUSTENTABILIDADE


O Festival Náutico Maria Felipa 2023 promove o Turismo Náutico na Baía de Todos-os-Santos através do Iatismo, um esporte sustentável, que utiliza a energia eólica como força motriz para suas embarcações, a fonte energética mais limpa da natureza.


O velejador também se preocupa com o lixo produzido a bordo de suas embarcações. Durante a navegação nada é jogado ao mar, tudo é acondicionado em recipientes a bordo e somente descartado ao desembarcar, em locais apropriados.



PATROCINADORES E APOIADORES


O FESTIVAL NÁUTICO MARIA FELIPA 2023 é uma realização da Via Náutica Consultoria e Eventos. Tem o patrocínio Master da Secretaria de Turismo da Bahia (SETUR/BA) e o importante apoio institucional da Prefeitura de Itaparica através da Secretaria de Turismo e da Associação Náutica da Bahia - ANB.


Apoio Técnico da Federação de Esportes Náuticos do Estado da Bahia - FENEB e da Flotilha de Veleiros de Oceano da Bahia - FVOBA e especial apoio da Campomar Náutica, Fundação Aleixo Belov, Marlúcio Imóveis, Restaurante El Capitan, Delta Yachts, Aratu Iate Clube, M.I.Marine, Dismarmogram Mármores e Granitos, Ocean Brasil Aluguel de Embarcações e Helicópteros e Porto Salvador Marina.


Conta ainda com o apoio da Ellas Produções e Eventos Náuticos e Projeto Meninas da Vela e apoio de Mídia da Tribuna da Bahia, Site Mar Bahia, Revista Let´s Go Bahia e Programa A Bordo da Rádio Metrópole FM.


INSCRIÇÕES E INFORMAÇÕES


As inscrições podem ser feitas através de link eletrônico ou em ficha físicas disponíveis nas secretarias do Aratu Iate Clube, Marina Aratu, Clube Angra dos Veleiros e Saveiro Clube da Bahia. Informações no whatsapp (71) 9.9912-4126

0 comentário

コメント


bottom of page