top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Museu do Mar sedia exposição “Guardando os mares do descobrimento”, dedicada à Marinha do Brasil

O Museu do Mar Aleixo Belov, no Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador, sediará a exposição “Guardando os mares do descobrimento”, dedicada à Marinha do Brasil, representada pelo Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN). A exposição estará aberta à visitação a partir desta terça-feira (4) até o final do mês de junho.

A exposição apresentará alguns dos meios navais empregados da área de jurisdição do Com2ºDN, que compreende os estados da Bahia e Sergipe, e sua missão na defesa e preservação da Amazônia Azul, como a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, em 1942, quando a cidade de Salvador foi designada para sediar o Comando Naval do Leste. A denominação foi mantida até 1945, quando passou a ser chamado Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN).


Outros elementos que estarão na exposição são:

Uniforme Imperial Marinho, de 1835, originado com a criação das Companhias Fixas de Marinheiros;


Maquetes dos seguintes navios:


  • Navio-Veleiro Cisne Branco: exerce funções diplomáticas e de relações públicas. A sua missão é representar o Brasil em eventos náuticos nacionais e internacionais, divulgar a mentalidade marítima e preservar as tradições navais;

  • Corveta Caboclo: destinada realizar operações de socorro e salvamento marítimos e patrulha costeira e a Fiscalização das Águas Territoriais Brasileiras na área de responsabilidade do 2º Distrito Naval;

  • Navio-Patrulha Gravataí: que tem como missão a Inspeção Naval, a Patrulha Naval, a Salvaguarda da Vida Humana no Mar, e a Fiscalização das Águas Territoriais Brasileiras na área de responsabilidade do 2º Distrito Naval;

  • Navio-Varredor Aratu: responsável pelas operações de contramedidas de minagem destinadas a manter livres, da ameaça de minas, as linhas do tráfego marítimo ao longo do nosso litoral, as áreas marítimas adjacentes aos portos, terminais e plataforma nacionais; bem como as possíveis áreas de operações de nossas Forças Navais;

  • Aviso de Patrulha Dourado: que realiza ações de patrulha naval, fiscalização do tráfego aquaviário e ações de busca e salvamento (SAR) entre outras tarefas subsidiárias;

  • Navio Hidrográfico Balizador Tenente Boanerges: possui a missão é apoiar e realizar a manutenção da sinalização náutica a fim de contribuir para a segurança da navegação nas áreas marítimas e vias navegáveis interiores nacionais; e por fim, a maquete da lancha LAEP7 Itaparica, uma parte essencial da infraestrutura da Marinha do Brasil, combinando funções de ensino e patrulha em uma única plataforma versátil e eficiente.

0 comentário

Comments


bottom of page