• Mar Bahia

ONG Pró-Mar realiza 3ª edição do Projeto Eco Ilha

Com a temática “Mobilização social e os desafios do combate ao lixo no oceano” acontece entre os dias 18 e 20 de novembro, em formato híbrido (presencial - em Mar Grande, na Ilha de Itaparica - e online) a terceira edição do evento Eco Ilha. A ação, promovida pela ONG Pró-Mar, tem na programação a realização de oficinas sustentáveis, palestras, shows, limpeza submarina e de praia, que culminará na construção de uma escultura pelo artista plástico André Fernandes, além de momentos de meditação, alongamento, intervenções teatrais, regata de saveiro mirim, intervenções artísticas e show de Alexandre Leão.

Foto: Projeto Vamos Navegar

“Os oceanos regulam nosso clima, nos alimentam, abrigam uma imensa biodiversidade e geram a maior parte do oxigênio que respiramos. Como se não bastasse, sustentam setores cruciais da economia, a exemplo do turismo e da pesca”, destaca Adriana Muniz, coordenadora de Educação Ambiental e fundadora da ONG Pró-Mar. Por conta disso, a programação da terceira edição do Eco Ilha está alinhada à proposta da Década dos Oceanos – iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece entre 2021 a 2030 com objetivo de conscientizar a população global para a importância dos oceanos, assim como mobilizar atores públicos, privados e da sociedade civil organizada em ações que favoreçam a saúde e a sustentabilidade dos mares.


No dia 18 (quinta-feira), acontece em Mar Grande, de maneira presencial, seguindo todos os protocolos sanitários necessários à para evitar a disseminação da Covid-19, palestra sobre Empreendedorismo sustentável feminino na pandemia, seguida de oficinas de Cosmético Natural, Tecido Plástico, Tecido Impermeável, Saveiro Mirim e oficina de pintura com Gigantes do Mar. Tendo como público alvo os moradores da Ilha de Itaparica, a participação requer inscrição prévia, a ser realizada até o dia 16 de novembro, por meio do whatsapp 71 99403-8795. É obrigatório o uso de máscara durante a atividade.


Na sexta-feira (19), seguindo a temática do evento “Mobilização social e os desafios do combate ao lixo no oceano”, acontecem as palestras, em formato de webnário, com transmissão ao vivo pelo Youtube da ONG Pró-Mar, com a participação de Zé Pescador – idealizador e fundador da ONG Pró-Mar, Alexandre Turras – Professor titular do Instituto de Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) e coordenador da Cátedra Unesco para a Sustentabilidade do Oceano, Rui Rocha - diretor de operações e diretor de inovação e desenvolvimento na Riasearch (empresa privada de inovação e desenvolvimento em aquacultura) e professor auxiliar convidado no Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro - Portugal.


Entre os palestrantes estão ainda Adriana Melges - psicóloga atuante há 22 anos e Terapeuta Ayurveda e uma das fundadoras do Instituto Mithras Sant Jordi que atua desde 2001 formando agentes de transformação em organizações e projetos sociais, Daniela Honorato - coordenadora nacional de Científicos de la Basura- Chile, Andrea Ventura -Professora Adjunta da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), coordenadora do Grupo de Pesquisa em Governança para Sustentabilidade e Gestão de Baixo Carbono, com pesquisas focadas em inovações e propostas de solução em busca do desenvolvimento sustentável e Eugênio Mussak- médico, professor e empresário, autor de 13 livros e centenas de artigos, sendo referência na área de liderança e gestão de pessoas.


No terceiro e último dia do evento, 20 de novembro (sábado), acontece a partir das 8h, uma ação de limpeza submarina e de praia, com mobilização dos moradores de Vera Cruz e região. O objetivo é coletar resíduos sólidos da faixa de praia e embaixo d’água, na extensão que vai da praia do Duro até a Ilhota. A programação do dia inclui momentos de meditação, alongamento e intervenções artísticas com trupe de palhaços e show de encerramento com Alexandre Leão.


O montante de resíduos recolhidos após a finalização do trabalho será catalogado e pesado e os resultados lançados no banco de dados da ONG Pró-Mar. Logo após estes resíduos parte serão utilizados na escultura do artista André Fernandes e o que restar o que for reciclável será entregue a catadores da região e o que não for, será destinado para a coleta pública para o descarte adequado.

0 comentário