• Mar Bahia

Porto da Barra pode entrar na rota do Selo Bandeira Azul

A praia do Porto da Barra, em Salvador, pode ganhar um novo capítulo em sua longa história cultural. O local ganhou um projeto do ex-secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência da capital, André Fraga, com a proposta de transformá-lo em um polo ambiental e esportivo, dentro dos critérios do Selo Bandeira Azul.

Foto: Reprodução

"O potencial do porto está muito subutilizado. A privatização da areia pelos ambulantes, o desconhecimento do patrimônio histórico e esse conflito permanente do uso do espaço é muito negativo. O Porto precisa ser visto como uma praia-modelo em Salvador e este é um caminho possível", declarou André Fraga ao Mar Bahia.


Encaminhada à prefeitura de Salvador, a proposta - que também foi construída por moradores e praticantes de esportes náuticos - contempla uma série de intervenções, dentre elas:


  • A criação de um destacamento da Guarda Municipal focado no ordenamento e segurança da praia do Porto;

  • A proibição do trânsito de embarcações motorizadas de grande porte e jet skis na área interna à linha natural criada pelos barcos dos pescadores tradicionais; e o ordenamento dos ambulantes no local.

  • A proibição do uso de descartáveis e isopores, além da comercialização de bebidas alcoólicas, assim como a produção de alimentos na faixa de areia para evitar o aumento do lixo gerado e, consequentemente, a poluição do mar.

Bandeira Azul


A Bandeira Azul é uma certificação internacional criada pelas Organização das Nações Unidas (ONU) e Unesco. Para conseguir este tipo de certificado, é necessário que a praia atenda 34 exigências, divididas em quatro blocos. A renovação do selo ocorre a cada ano.

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.