top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Projeto Mares inaugura em Mar Grande o primeiro Centro de Interpretação Ambiental de Itaparica

Será inaugurado na próxima quarta-feira (27), às 9h, na sede da ONG socioambientalista PRÓ-MAR, em Mar Grande, o primeiro Centro de Interpretação Ambiental (CIA) da Ilha de Itaparica. Uma realização do Projeto Mares, em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, o espaço tem como proposta se tornar uma referência para a aprendizagem de crianças da Ilha de Itaparica e toda a região em seu entorno e, também, de outros municípios baianos, além de se tornar um ponto de visitação para moradores e turistas.

Foto: Divulgação

A programação do evento contará com apresentação do Projeto Mares, feita pelo seu coordenador Geral, José Roberto Caldas, o Zé Pescador, visita guiada e almoço para convidados. Na ocasião também será realizado o lançamento oficial do livro paradidático “O caso da lagostinha Tita”, de autoria da coordenadora do eixo de Educação Ambiental do Projeto Mares, Adriana Muniz, cuja distribuição acontecerá de maneira gratuita nas bibliotecas e escolas de educação infantil das redes pública municipal e particular da ilha.


A inauguração do CIA terá a presença de autoridades locais, entre elas, os secretários de Educação dos municípios de Itaparica e Vera Cruz, Lucinaldo Reis e Silvano Sulzart, do secretário de Turismo e Cultura, André Reis e do secretário de Urbanismo, Controle e Manutenção da Cidade (SUCOM), Adrian Silva, ambos de Vera Cruz. Além destes, estarão presentes no evento coordenadores escolares, membros da equipe do Projeto Mares, professores participantes da Eco Formação oferecida pelo projeto, representantes do comércio e moradores locais.


Sobre o CIA

Equipado com modernos meios audiovisuais e outros conjuntos pedagógicos, tais quais quiz interativo com uso de aplicativos e óculos de realidade virtual, o Centro de Interpretação Ambiental do Projeto Mares é um espaço destinado a realização de princípios e técnicas que visam estimular as crianças, prioritariamente para o entendimento do ambiente, por meio da experiência por prática direta, conforme explica Adriana Muniz, uma das responsáveis pela criação e organização das tarefas que serão concebidas no espaço.


A visitação ao local acontecerá de maneira gratuita, por meio de agendamento prévio pelo whatsapp 71 99706-0297. Neste primeiro momento poderão realizar a visitação apenas escolas das redes pública e privada dos municípios de Vera Cruz e Itaparica. “Nosso objetivo é que em médio prazo o CIA passe a receber visitas de estudantes de outros municípios e também de turistas, se tornando uma referência em Educação e conservação ambiental”, destaca Adriana.


Livro “O caso da lagostinha Tita”

De autoria de Adriana Muniz e baseado em uma história real entre sua filha Janaína e o pai pescador, o livro “O caso da lagostinha Tita” é um convite à transformação de hábitos nocivos ao meio ambiente por meio daqueles que representam o futuro: as crianças. Parte das ações de Educação Ambiental do Projeto Mares, o livro será lançado com tiragem inicial de 500 exemplares e já começou a ser distribuído gratuitamente nas escolas públicas dos dois municípios que integram a Ilha de Itaparica.

0 comentário

Comments


bottom of page