• Mar Bahia

Remadores concluem expedição entre Salvador e Rio de Janeiro

*Por Marcio Torres e Hamilton Souza


Foram 81 dias, aprox. 1200 km percorridos entre a Bahia e o Rio de Janeiro. Não foram dias com mares de almirante, ventos brandos de nordeste e sol, como costumam ser os finais de primavera e os verões nessa região.


O que enfrentamos foram condições extremas, muitas vezes. Amplamente divulgado na TV, o período entre os dias 01/11/2021 e 20/01/2022 foi repleto de tempestades que se alternaram entre fortes ventos do sul e do nordeste, formando grandes e constantes swells (ondas), raios, enchentes e inundações, bocas de barra raivosas, correntes fortíssimas e mares com muita, mas muita energia.


O último trecho que gostaríamos muito de cumprir ficou impossível, dentro do prazo e orçamento planejados. A região entre a praia de Atafona e a Baía de Guanabara necessitam de uma condição de mar especial, com ondas, ventos e correntes dentro do padrão de um verão tradicional. Neste ano tem sido tudo ao inverso e constantes swells de sul com ondas enormes nos forçaram a parar antes, na primeira cidade do Rio de Janeiro, São Francisco de Itabapoama.


Estamos muito felizes e agradecemos muito a Deus por nos permitir chegar até aqui! Agradecemos a todos que rezaram, se emocionaram, contribuíram, vibraram e torceram por nós, sem vocês essa expedição não se realizaria

0 comentário