top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

SENAI CIMATEC lança novo campus voltado para a Economia do Mar em Salvador

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) e o SENAI CIMATEC realizaram nesta segunda-feira, 03, em Salvador, a solenidade de lançamento do novo campus da instituição, o SENAI CIMATEC Mar, unidade projetada para apoiar atividades e pesquisas marítimas industriais e comerciais, com o objetivo de fortalecer a inovação e a sustentabilidade, atendendo às demandas crescentes da Economia do Mar.

Foto: Divulgação

Estavam presentes no evento o vice-governador do Estado da Bahia, Geraldo Júnior, A Secretária de Desenvolvimento Econômico, Mila Paes, representando o Prefeito de Salvador, Bruno Reis. Além do Presidente da FIEB e Presidente eleito da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Ricardo Alban, o Diretor do SENAI Nacional, Rafael Lucchesi, o Diretor-Geral do SENAI CIMATEC, Leone Andrade; o Comandante do Segundo Distrito Naval, Vice-almirante Antônio Carlos Cambra, a Diretora-presidente da CODEBA, Ana Paula Calhau; e o navegador Aleixo Belov.


O SENAI CIMATEC Mar terá um centro de operações no porto de Salvador, uma embarcação de pesquisa e uma área demarcada na Baía de Todos os Santos, destinada a uma estação cientifica submarina, que será usada para testes de robôs e protótipos.


“O SENAI CIMATEC Mar vai contribuir não só com a economia do mar, mas com novos setores de desenvolvimento econômico social pra a Bahia. Quer sejas através da construção naval quer seja através da exploração de energia também do mar, quer seja também através da economia circular”, afirmou o presidente da FIEB e presidente eleito da CNI, Ricardo Alban.


O diretor-geral do SENAI CIMATEC apresentou detalhes do novo campus durante a cerimônia e disse que “o SENAI CIMATE MAR é um projeto pioneiro do Brasil, com base na Baía de Todos os Santos, na maior baía do Brasil, com uma localização estratégica na costa brasileira e potencial para atender a demandas do país e do exterior.”


Para o vice-presidente da Academia Brasileira de Ciências e pró-reitor do Centro Universitário SENAI CIMATEC, Jailson Andrade, a criação do SENAI CIMATEC Mar inaugura uma nova era de renovação focada na inteligência, na tecnologia e na educação para apoiar as atividades industriais da economia do mar. “É uma nova visão do mar, não simplesmente da navegação, do transporte de cargas ou da exploração pura e simples de petróleo.

Foto: Divulgação

O SENAI CIMATEC Mar traz uma visão tecnológica de apoio a todas as atividades marítimas, desde desenvolvimento de novas tecnologias, de novos hubs de pesquisa, de novas áreas do conhecimento e cursos voltados para a ciência do mar”.


Áreas de atuação


O projeto pioneiro no Brasil. A unidade será equipada com uma infraestrutura de ponta e concentrará seus esforços em seis áreas de atuação.


Sustentabilidade Socioambiental - Haverá um Instituto Oceanográfico que será responsável por desenvolver pesquisas e tecnologias para promover a sustentabilidade dos oceanos, contribuindo para a preservação do meio ambiente marinho.


Engenharia Submarina - Será criada uma Estação de Ensaios que vai proporcionar um

ambiente adequado para testes de equipamentos e soluções inovadoras voltadas para a engenharia submarina.


Tecnologia de Portos - Será implantado um Centro de Excelência Portuária que se dedicará ao desenvolvimento de tecnologias e soluções para otimizar as operações portuárias, garantindo eficiência e segurança.


Energias Oceânicas - Serão desenvolvidas tecnologias para aproveitamento energético dos oceanos, explorando recursos renováveis e sustentáveis.


Amazônia Azul - Serão desenvolvidas ações para proteção e preservação da faixa oceânica do Brasil.


Desenvolvimento Náutico e Naval – Ações que vão impulsionar o incremento de

embarcações e soluções navais inovadoras, atendendo às necessidades da indústria

marítima.


Centro de Controle


Para dar suporte às atividades que serão implementadas pelo SENAI CIMATEC Mar, a unidade contará com um Centro de Controle de Operações localizado no Porto Organizado de Salvador, base onde serão preparados os protótipos para testes e de onde sairão, para embarque, os equipamentos e robôs.


A área foi cedida pela CODEBA para o SENAI CIMATEC em abril deste ano, após assinatura de um contrato de Cessão de Uso Não Onerosa, que prevê uma parceria entre as empresas para troca de conhecimento tecnológico e científico, treinamentos e realização de serviços em cooperação.


O navegador, engenheiro e empresário ucraniano radicado na Bahia, Aleixo Belov, que já deu cinco voltas ao mundo, celebrou a chegada do SENAI CIMATEC Mar. “O CIMATEC Mar vai contribuir com a tecnologia, misturar tecnologia com tradição para desenvolver os barcos, os robôs de mergulho, tudo que for necessário, e trazer a tecnologia da sustentabilidade para conseguir preservar o que tem de bom, bonito e original que a natureza nos deu. Vamos dar as mãos junto com o SENAI CIMATEC Mar para abraçar a Baía de Todos os Santos, a minha mãe de amor ao mar”, disse.


O início da implantação do SENAI CIMATEC Mar está previsto o segundo semestre de 2023 e a unidade deve entrar em operação em 2025.


0 comentário
bottom of page