• Mar Bahia

Velejadores baianos conquistam vaga para os Jogos Panamericanos

As chances de trazer uma medalha para o Brasil nos próximos Jogos Pan Americanos são reais para os velejadores Juliana Duque e Rafael Martins. A dupla do Yacht Clube da Bahia conquistou na Copa Brasil de Vela realizada entre 18 e 24 de novembro, em Florianópolis (SC), a única vaga da Classe Snipe para representar o Brasil no Pan, a ser realizado em Paracas, no Peru, entre 26 de julho e 11 de agosto de 2019.

Foto: Gabriel Heusi

“A conquista foi fruto de um trabalho planejado e executado nos últimos dois anos, que incluiu treinos técnicos, físicos e participação em eventos de alto rendimento.  A única vez que a Bahia teve um atleta na Equipe Pan Americana foi em 1987, com Jonas Penteado, que conquistou a Medalha de Prata na Classe Laser, nos jogos de Indianápolis”, avaliou o diretor de vela do YCB, Marcio Cruz. O campeonato foi muito disputado e o título foi decidido apenas no último dia. A dupla Juliana Duque e Rafael Martins entrou na raia em 2º lugar para enfrentar ventos de 20 nós e mar agitado e outras duas duplas concorrendo diretamente. Venceu as três regatas do dia, isolando-se na liderança e abrindo quase 30 segundos por perna.


A equipe de Snipe do Yacht Clube da Bahia era ainda composta por outras duas duplas: Rafael Rizzato/Marina Arndt que conquistou a 4ª colocação e Alberto Vita/Luiza Cruz que chegou em 7º lugar. Juliana vem de uma sequência de conquistas recentes, como o título de Campeã Mundial Feminino em 2016, ao lado da velejadora Amanda Sento Sé, também do YCB, e da Medalha de Ouro nos Jogos Sul Americanos de Cocha Bamba, na Bolívia, em 2018, ao lado de Rafael Rizzato, também velejador do Yacht. Ao lado de Rafael Martins, foi campeã Sul Americana em 2016 e vice-campeã sul americana em 2017. Já em 2018, a dupla conquistou o vice-campeonato no Hemisfério Ocidental da classe Snipe, competindo contra velejadores de diversas partes do mundo.  


Bernardo Peixoto e Marcos Arndt - que iniciaram na classe 420 há poucos meses - venceram os dois primeiros campeonatos que disputaram, sendo o primeiro deles a Semana de Vela do Rio de Janeiro e agora a Copa Brasil de Vela, mesmo com nomes de peso na raia como a dupla bicampeã brasileira Stéfano Geronimi e Felipe Bernardo, do Rio de Janeiro. Bernardo e Marcos agora vão se preparar para o campeonato Brasileiro da Classe, em janeiro, e para a Copa da Juventude, em fevereiro, e são fortes candidatos à conquista de vaga para o Mundial da Juventude de 2019. Outros quatro velejadores do YCB disputaram a Copa Brasil: Gustavo e Eduardo Carvalho na classe 49er, que conquistaram a 4ª colocação; Carlos Eduardo Lopes e Ana Luiza Dias na Classe Laser, respectivamente nas 16ª e 17ª posições.

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.