• Mar Bahia

Discussão sobre destinação do Forte São Marcelo volta a entrar na pauta política


Foto: Reprodução

O Forte São Marcelo deverá voltar à pauta das discussões políticas nas próximas semanas. Nesta terça (9), o vereador Claudio Tinoco apresentou ofício à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Salvador, além do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan-Bahia), para que apresentem uma proposta de reabertura do Forte São Marcelo à Câmara Municipal de Salvador. Atualmente, sob a responsabilidade do Iphan, o São Marcelo tem um projeto para construção de um oceanário no local, com investimento inicial de R$ 5 milhões. Em contraponto a esta proposta, um grupo formado por empresários, políticos e personalidades ligadas à Baía de Todos-os-Santos, o Grupo Kirimurê, reinvidica apresentar um projeto que desenvolva ações turísticas e culturais, incluindo estudos e pesquisas, transformando o local em um centro efetivo de atividades na BTS.


Veja também:

Grupo anuncia ações para revitalização do Forte São Marcelo Isabela Suarez: "A BTS sofre com o descaso, não permitindo que ocupe o lugar que merece"


"Há uma certa precipitação sobre o destino de uso do Forte São Marcelo, sem dúvida um dos mais importantes monumentos deste sub continente. Desde a formação desse grupo, há quatro anos, que acenamos ao IPHAN, à Marinha e à Prefeitura, sobre a necessidade de uma discussão coletiva, democrática e criativa sobre as vocações do Forte, desse ambiente marinho e dessa geografia fantástica, única no mundo em suas características", declara presidente do Grupo, Lourenço Muller.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.