• Mar Bahia

Eventos em Salvador celebram os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo

Atualizado: 7 de Jun de 2019

Entre os dias 8 e 11 de junho, o Comando do 2º Distrito Naval promoverá uma série de eventos em comemoração ao 154º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha do Brasil. No sábado (8), a 41ª Regata Marcílio Dias será realizada na praia junto à Capitania dos Portos da Bahia (CPBA), no Comércio. A tradicional prova de veleiros, com largada a partir das 12h será precedida por uma ação ecológica de coleta de lixo nas praias e área marítima no entorno da CPBA, a partir das 8h, envolvendo militares da Marinha, escoteiros do mar, grupo de mergulhadores do Sub lixo zero e Fundo da Folia.

Foto: Mauricio Cunha

No sábado (8) e no domingo (9), das 10 às 17h, os navios Corveta “Caboclo”, Navio Patrulha “Guaratuba” e Navio-Varredor “Atalaia”, subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval, estarão abertos à visitação pública no Porto de Salvador. Às 8h30 da segunda-feira (10), o Comandante do 2º Distrito Naval e o Presidente da Associação Comercial da Bahia farão uma aposição floral no monumento em homenagem aos heróis da Batalha Naval do Riachuelo, na Praça Riachuelo, no bairro do Comércio. Na terça-feira (11), a partir das 10h, a tradicional cerimônia militar acontecerá no Forte de Santo Antônio da Barra (Farol da Barra), com a leitura da mensagem presidencial alusiva à data e imposição de condecorações da “Ordem do Mérito Naval” a personalidades e autoridades civis e militares, além de salva de tiros disparados pela Corveta “Caboclo”.


Durante toda a manhã deste dia, navios subordinados ao Comando do 2º Distrito Naval realizarão um desfile naval no trecho da orla marítima entre o Morro do Cristo e o Farol da Barra.


A Batalha Naval do Riachuelo

Considerada pelos historiadores como um momento decisivo na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Batalha Naval ocorreu na manhã do dia 11 de junho de 1865, na foz do Riachuelo, afluente do Rio Paraná, próximo à cidade de Corrientes na Argentina. Naquele episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou uma intensa luta contra as forças oponentes. A resistência brasileira foi heroica: no combate, diversos brasileiros lutaram até a morte, dentre eles o Guarda-Marinha Greenhalgh e o Imperial-Marinheiro Marcílio Dias. Até aquela data, as forças da Tríplice Aliança não detinham a iniciativa na guerra. Com a vitória naquela Batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária e possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra. Riachuelo representou a primeira grande vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrada e justamente comemorada.


Serviço:


8 de junho

Regata Ecológica Marcílio Dias Aberto para participantes na Capitania dos Portos da Bahia, a partir das 8h

41ª Regata Marcílio Dias, com ação de coleta lixo Aberto para participantes na Capitania dos Portos da Bahia, com a largada às 13h. Apresentação da banda de Música do Comando do 2º Distrito Naval:

Praça de eventos do shopping “Bela Vista”, de 16 às 17h.


8 e 9 de junho

Visitação Pública a navios da Marinha

Aberta ao público, no Porto de Salvador, das 10h às 17h.


10 e junho

Aposição Floral no Monumento Riachuelo

Aberta ao público, na Praça Riachuelo (Comércio), às 8h30

11 de junho

Cerimônia Militar

Entrada mediante convite, a partir das 10h, no Museu Náutico da Bahia (Farol da Barra)

Desfile Naval

Aberto ao público, na orla de Salvador (orla Barra - Ondina), a partir das 9h

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.