top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Início da temporadas das baleias aquece turismo na Bahia

Com o início da temporada, as baleias jubarte já começaram a aparecer no litoral baiano. Entre julho e outubro, a presença dos animais chama atenção dos baianos e turistas com mergulhos, saltos e esguichos de água. As baleias já foram avistadas no Bonfim, Itapuã, Stella Maris, Praia do Flamengo e na região da Feira de São Joaquim. Durante o período, passeios de observação são bastante procurados.

Foto: Projeto Baleia Jubarte

Gustavo Rodamilans, médico veterinário e coordenador do Projeto Baleia Jubarte em Salvador, avistou no Bonfim uma baleia na última sexta-feira (23). Já anteontem (26), uma se aproximou do Terminal Náutico de Salvador. “A estimativa da população no território brasileiro é cerca de 30 mil, a partir de um censo aéreo feito no ano passado”, ele afirma. A população está aumentando cerca de 10% a cada ano.


O Projeto Baleia Jubarte irá fazer um ponto de monitoramento avançado a partir do dia 17 de julho até 15 de outubro, no Farol da Barra, em parceria com o Museu Náutico da Bahia, onde também terá uma exposição fotográfica 'Baleias Urbanas Soteropolitanas'. O horário segue o de funcionamento do Museu, das 9h às 18h. “Nossa equipe vai ficar lá no Farol da Barra, vendo as baleias com os binóculos, e os turistas e visitantes que forem ao Museu Náutico, vão poder procurar as baleias com os binóculos que nós oferecemos”


Já para quem deseja observar as baleias de barcos, é preciso respeitar as regras (Veja aqui os detalhes da Cartilha). É proibido, por exemplo, ficar a uma distância menor que 100 metros de uma baleia.


O coordenador do Projeto Baleia Jubarte indica que as pessoas procurem empresas parceiras do projeto para passeios. “A gente está com uma parceria com a Prefeitura de Salvador este ano. Uma das nossas funções do Projeto Baleia Jubarte é proteger os animais e fomentar o turismo de observação de baleias”, enfatiza Gustavo. Com essa parceria, estão elaborando a cartilha do Guia de Observação de Baleias e o manual de boas práticas para observação de baleias que será lançado ao longo da temporada.


Encalhe


Ao contrário do que muitos pensam, o risco de encalhe é o mesmo do resto do ano, não aumenta durante a temporada. No ano passado, foram 108 encalhes. Dos 108, 43 foram na Bahia, que é o esperado, já que a maior população está na Bahia por ter o maior litoral.


O ideal, ao encontrar um animal encalhado, é entrar em contato com o Projeto Baleia Jubarte e também com a Prefeitura. O telefone de contato no litoral sul até o centro da Bahia é (73) 98802-1874, já de Ilhéus até o extremo norte é (71) 99657-2056.

0 comentário

Comments


bottom of page