• Mar Bahia

Linguagem saveirista, afetos e temores

*Coluna Saveiros da Bahia | Associação Viva Saveiro


No decorrer dos preciosos momentos de convivência com esse povo afável e criativo, vivenciamos momentos de aprendizagem e de tradução de seus conceitos e linguagens.


São pérolas do dia a dia que enriquecem nossas relações com as embarcações que são tratadas como personagens reais, com sentimentos e gostos bem perceptíveis.


Após reforma no seco e o saveiro reingressar às águas é anunciado: “amanhã, na cheia, vai boiar”. Ao colocar um novo mastro tem que ser observado que se o saveiro navegar mais lento que antes é porque “não gostou”, mas se fizer “bigode” na proa, então “gostou”.


No linguajar, precisamos reconhecer outras adaptações linguísticas: adriças são “diriças”, bujarronas são “bizarronas” e assim vamos nos entendendo nesse maravilhoso mundo náutico de afetuosa relação entre os saveiristas e seus amados saveiros.
Arte de Bel Borba, que se inspirou em uma carcaça de saveiro que pegou fogo em Maragojipe

Com eles, aprendemos a desejar paz e tranquilidade numa única expressão: “BONS VENTOS” e também a expressar o maior de todos os temores que é ver o seu tesouro ir pro fundo do mar. Nós todos da Viva Saveiro nos empenhamos em repetir “NÃO DEIXE ESSE TESOURO IR PARA O FUNDO DO MAR”


Nesse afã de preservação vem à memória a bela história do saveiro Vendaval II, vencedor de porfias semanais disputadas pelos saveiros carregados de mercadorias da Feira do Cajá rumo às feiras de Salvador.


Na ponte de Maragogipe parte o coração ver o casco ainda colorido de vermelho, laranja e amarelo meio afundado na lama. Saveiro “nascido” em 1947, orgulho e paixão de Mestre Nute, que apesar de vários esforços do Mestre e de vários colaboradores, teve seu inexorável fim, por falta de proteção dos órgãos governamentais, que não valorizaram e não valorizam este e outros tantos saveiros, pioneiros nos transportes de riquezas, no desenvolvimento da Bahia e um dos maiores ícones culturais da BTS.

O Vendaval II, campeão de muitas regatas e admirado por todos, viverá para sempre entre nós, que tivemos o enorme prazer de vê-lo singrando a BTS, enriquecendo a formidável beleza da nossa baía e rios navegáveis do nosso recôncavo de magníficas paisagens.


A Viva Saveiro deseja a todos, BONS VENTOS.

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.