• Mar Bahia

A Cidade e o Mar: evento gratuito discute patrimônios culturais da BTS

A Cidade e o Mar: Patrimônios da memória é o tema da II Jornada do Patrimônio Cultural – Salvador, promovida pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), Prefeitura de Salvador, nos dias 24 (das 15h30 às 18h) e 25 de agosto (das 16h às 18h), com transmissão pelo canal do Youtube da FGM. O evento é gratuito e aberto ao público.

Foto: Bruno Concha

Como novidade, nesta edição, a programação conta com a participação de convidados internacionais, como Roberto Díaz, do Museu de Cancun e Thomaz Santos, do Oceanário de Lisboa.


A programação está dividida em quatro mesas temáticas e uma especial de abertura do evento, no dia 24 de agosto, às 15h30, com a presença do Prefeito de Salvador, Bruno Reis, do Secretário de Cultura e Turismo, Fábio Mota e Fernando Guerreiro, Presidente da FGM. A mediação ficará a cargo da Gerente de Patrimônio Cultural da FGM, Gabriella Melo.


No mesmo dia, às 16h, acontece a primeira mesa com o tema Salvador e Baía de Todos os Santos: capital da Amazônia azul e conta com os palestrantes convidados Waldeck Ornellas (Diretor do INET – BA), Eduardo Athayde (diretor do World Wacth Institut do Brasil – BA) e Comandante Reuber (Museu Náutico – BA).


Às 17h, a segunda mesa traz o tema História, Arquitetura e Turismo em cidades litorâneas, com a participação de Roberto Díaz (Museu de Cancun), Prof. Mário Mendonça de Oliveira (UFBA) e Aleixo Belov (Museu do Mar – BA).


No dia 25 de agosto, às 16h, a terceira mesa, tem como tema Reabilitação de zonas portuárias: “O Porto Vive” e como convidados, Alexandre Darzé (Lighthouse – SP), Márcio Douglas Brito Amaral (UFPA) e Thomaz Santos (Oceanário de Lisboa).


Já às 17h, a quarta mesa traz o tema Água como elemento sagrado - “O sagrado nas águas da maré” e como convidados, Mãe Raidalva Santos (Iyalorixá do Ilê Axé Oyá - Ba), Padre Lázaro (Igreja Católica - Ba) e Reverenda Bianca Daébs (Igreja Episcopal Anglicana - Ba). Encerrando a Jornada, às 18h, acontece um pocket show com a cantora Nara Couto.


Para Fernando Guerreiro, Presidente da FGM, "a Jornada do Patrimônio Cultural vem para consolidar-se como mais uma ação de educação patrimonial, levantando debates sobre temas de extrema relevância no contexto cultural e artístico de Salvador..”.


Sobre o tema, Guerreiro acrescenta que a ideia é “enaltecer o patrimônio marítimo desta cidade que tem no mar mais do que um refrigério para o calor que aquece essa terra e seu povo, mais do que a beleza desse litoral digno de ser registrado e que serve como enredo para tantas obras literárias e audiovisuais. Sua orla foi palco de batalhas e vitórias, abrigando em seu seio, muita história e memórias mil. Vamos falar da sua importância artística e cultural, tão rica quanto tudo que a soterópolis é.”


O objetivo do projeto, de acordo com Milena Tavares, Diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM, é “valorizar os bens culturais locais, chamando atenção para o potencial marítimo de cidades litorâneas”.


Já em relação ao tema, Tavares chama atenção que “o mar é muito presente na história e na cultura da nossa cidade, inspirando o debate para o potencial da Baía de Todos os Santos, para beleza das paisagens litorâneas, de atividades náuticas, da arqueologia subaquática e da religiosidade das águas de maré, merecendo ainda o olhar sensível para resistência de conhecimentos tradicionais, como a pesca artesanal.”


Para Gabriella Melo, a escolha do tema para 2021, deu-se para ressaltar que “a orla marítima de Salvador, além de resguardar significativa beleza natural, é marcante na sua paisagem edificada e nas suas expressões culturais.”. Melo afirma ainda que “este olhar inspirou a proposta de um fórum, visando estabelecer um intercâmbio de experiências e pesquisas relacionadas a essa temática, que certamente merece nossa atenção e reflexão.”


Programação online - Seguindo as adaptações do setor cultural e respeitando os protocolos de segurança sanitária, o evento será totalmente online, transmitido a partir do Teatro Gregório de Mattos, apenas com a presença dos palestrantes e equipe técnica e contará com mesas virtuais e um pocket show, no encerramento com a participação de Nara Couto, exibidos ao vivo e gratuitamente, no canal do Youtube da FGM.


Tradução simultânea - Para alcançar audiência internacional e respeitando a acessibilidade dos portadores de deficiência auditiva, a programação terá tradução em português, inglês e libras.


Público - Com caráter interdisciplinar, a II Jornada do Patrimônio Cultural - Salvador é voltada tanto para especialistas dos mais variados campos como arqueologia, antropologia, história, geografia, navegação, urbanismo, arquitetura, museologia, engenharia, quanto para o público geral. Toda programação está disponível no site da FGM.

0 comentário