top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Análises da UFBA indicam correlação entre óleo derramado em Salvador e petróleo do Kuwait

Pesquisadores do LEPETRO (Centro de Excelência em Geoquímica do Petróleo, Energia e Meio ambiente do Instituto de Geociências da UFBA) analisaram uma amostra, coletada na Praia da Barra, do óleo derramado em praias de Salvador e chegaram à conclusão de que este óleo guarda forte correlação com o petróleo produzido no Kuwait.

Foto: Divulgação

O laudo técnico indica que "possivelmente, o descarte de água oleosa de tanques de algum navio petroleiro transitando no mar da Bahia, tenha sido a causa do aparecimento dos “tar balls” (bolas de óleo) na Praia da Barra em Salvador". A análise realizada pela equipe liderada pela pesquisadora Olívia Oliveira evidenciou que este óleo não é o mesmo de 2019, proveniente da Venezuela, e tampouco o óleo de 2022, originário do golfo do México.


O derramamento de óleo já se estende pela costa sul baiana. Sua extensão e o impacto são motivo de grande inquietação para as autoridades ambientais e a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) já colocou uma equipe realizando coleta de amostras do óleo que chegou aos municípios do sul da Bahia. Essas amostras também serão encaminhadas ao LEPETRO UFBA, que é referência no estudo e na análise de tais substâncias.




0 comentário

Kommentare


bottom of page