• Mar Bahia

As mil e uma faces do Farol da Barra

Um, dois, três...365 clicks até conseguir criar a incrível galeria de um registro para cada dia do ano, em um dos mais icônicos cartões-postais do Brasil: o Farol da Barra. O que antes era um hobbie do administrador de empresas Tunísio Alves, transformou-se no livro "Um Farol, 365 Clicks", que deve ser lançado em 2020.

Foto: Alves Filho

O Mar Bahia bateu um papo com ele, que contou como nasceu a ideia do projeto. "Antes desses clicks, eu fotografava Salvador e as coisas daqui. Datas importantes no calendário da cidade, nossa cultura, os sítios históricos, pontos turísticos etc... Criei o www.soteropoli.com, onde publicava este trabalho ao lado fotógrafos convidados. Foi então que resolvi iniciar o projeto do Farol da Barra, um desafio pessoal que me impus na tentativa de estar em contato frequente com a fotografia, experimentando e aprendendo diariamente. A escolha pelo farol se deu de forma orgânica, após rodar diversos pontos da cidade entendi que ali poderia explorar diversos elementos, além de ser uma região bastante agradável para estar frequentando".

Foto: Alves Filho

Veja também:

Salvador como você nunca viu

Saveiros navegam rumo ao desaparecimento na Bahia

Olhares


Para chegar ao resultado do livro, Tunísio perdeu a conta de quantos registros foram feitos até chegar ao 365 que ele considera os olhares mais originais. Tanto trabalho caminhou ao lado de muitas transformações pelas quais a região passou ao longo de dez anos. "A maior mudança certamente foi a reforma do Largo do Farol. Mudanças como o maior cuidado com o gramado ali em sua frente, abertura da torre do farol para visitação, abertura do Forte Santa Maria, implantação do gradil em volta do forte, mudança na iluminação...etc Mas também é possível notar uma mudança comportamental das pessoas que frequentam a região. Agora existe uma ocupação maior, maior número e variedade de manifestações culturais realizadas ali", conta.

Foto: Alves Filho

Apesar do preciosismo da publicação, o livro não conta com nenhum apoio, chegando ao mercado de forma totalmente independente. A produção do livro é independente, sem editora e sem o apoio de nenhuma esfera governamental. "O projeto continua, mesmo após a publicação do livro. Os novos clicks são compartilhados através do meu perfil no Instagram. O plano para outros projetos relacionados a Salvador e a Baía de Todos os Santos existe; alguns iniciados, outros hibernando", diz.


#fotografia #photography #faroldabarra #365clicks #bahia #olhares #arte #cultura #baiadetodosossantos #barra #marbahia


© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.