top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Concurso da melhor moqueca baiana vai movimentar as 13 zonas turísticas do estado

Frutos do mar, tempero verde, tomate, cebola, alho, leite de coco e o ingrediente que faz a diferença: o azeite de dendê. A receita da tradicional moqueca baiana deu origem a uma disputa gastronômica inédita, que irá movimentar as 13 zonas turísticas do estado, para a escolha do melhor prato. O lançamento do Concurso Moqueca Baiana 2023 aconteceu, nesta sexta-feira (29), no Teatro Sesc-Senac Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador, com a participação do trade turístico e de chefs de cozinha renomados. A iniciativa é da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur-BA).

Foto: Reprodução

“Vamos promover a cultura gastronômica tipicamente baiana, com a participação de receitas de todas as zonas turísticas, como nunca aconteceu no estado. Se a nossa moqueca está mundialmente entre os 20 melhores pratos de frutos do mar, o concurso vai escolher a melhor moqueca do mundo”, destacou o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar.


A chef Tereza Paim, que comanda dois restaurantes de comida baiana, na capital, elogiou a realização do concurso. "Iniciativas que estimulem o desenvolvimento da gastronomia regional são sempre importantes. A cozinha baiana é um vetor do turismo e das nossas tradições”.


Para o presidente da Associação do Centro Histórico Empreendedor (Ache) e proprietário de um bistrô no Pelourinho, José Iglesias, “esse evento é de suma importância. A moqueca é um símbolo da nossa gastronomia e ajuda a promover o destino”.


O concurso vai até 5 dezembro, com votação popular pela internet, que irá escolher os 13 finalistas. O vencedor será definido por um júri de especialistas em uma festa gastronômica, em Salvador. As inscrições e todas as informações sobre as regras estão disponíveis no site www.concursodamoqueca.com.br.

0 comentário

Comments


bottom of page