top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Festival homenageia Maria Felipa na Baía de Todos-os-Santos

No último sábado (15) foi realizado o Festival Náutico Maria Felipa 2023, com enorme sucesso e intensa programação. A primeira etapa do evento aconteceu nas modernas instalações da Marina da Penha, na Ribeira, onde mais de 100 convidados participaram de um café da manhã, seguido de uma “Roda de Conversa” com mulheres navegadoras, falando das suas experiências de vida e como a náutica é parte forte e constante em seu dia-a-dia.

Foto: Will Recarey

Em seguida os presentes assistiram palestra com o historiador, professor e pesquisador Rafael Dantas, que falou da data magna da Bahia, o 02 de Julho, da importância do bicentenário de independência e da figura emblemática da heroína itaparicana Maria Felipa de Oliveira, homenageada nesse evento. Às 13h foi dada a largada da Regata para dezenas de Veleiros de Oceano, que navegaram próximos à orla Itapagipana em um belíssimo espetáculo de velas e cores, rumando em seguida para a Marina de Itaparica.


Em Itaparica, os navegadores foram recebidos pelo prefeito Zezinho Oliveira e pela secretária de Governo e Turismo Larissa Oliveira, que participaram de uma animada e prestigiada Cerimônia de Premiação, com direito a troféu especial para a tripulação do veleiro “Puck”, composta só de mulheres - Táta Mott, Dani Antoniazzi, Marione Macário e Manuela Martins. Outros veleiros de tripulação mista também se destacaram, tendo no comando uma mulher, a exemplo do veleiro “Capitão Mário Jorge”, da capitã Christiane Oliveira e do Veleiro “Le Par Un”, da Capitã Andréia Reuter.

Foto: Will Recarey


O “Fita Azul” (primeiro barco a cruzar a raia de chegada) foi o veleiro “Na Boa” do Capitão Jorge Alcantara (1ª largada), e o veleiro “Maguni” do Capitão Eduardo Costa (2ª largada).


ATIVIDADES CULTURAIS E GASTRONOMIA


Como forma de prestigiar e incentivar a cultura itaparicana, o público presente na Marina de Itaparica assistiu a bela apresentação de um grupo de capoeiristas mulheres e visitou a Feira de Artesanato com obras de artesãs da região. Diversas iguarias foram oferecidas ao público, que degustou pratos e quitutes da culinária regional, gerando oportunidades de renda para os dezenas de comerciantes presentes.

ATRAÇÕES MUSICAIS


O Festival Náutico Maria Felipa 2023 contou com a apresentação da artista itaparicana Nanda Ribeiro, com variado repertório da MPB e da cantora Larissa Luz, que comandou a festa de encerramento, apresentando diversos sucessos da música baiana, com um novo e contagiante arranjo musical.


MARIA FELIPA – HEROÍNA DE ITAPARICA E DO BRASIL


MARIA FELIPA DE OLIVEIRA, nascida na Ilha de Itaparica em data desconhecida, marisqueira, pescadora e trabalhadora braçal, ela teria liderado um grupo de 200 pessoas, entre mulheres negras, índios tupinambás e tapuias nas batalhas contra os portugueses que atacavam a Ilha de Itaparica, a partir de 1822.


Com o apoio de homens da cidade, queimou inúmeras embarcações portuguesas, diminuindo o poderio colonizador no decorrer da batalha, e depois, enfrentou os portugueses usando folhas de cansanção, uma folha típica da região, que em contato com a pele dá a sensação de queimação; e toda a ação resultou em uma queda no número de soldados da tropa portuguesa.


Em 26 de julho de 2018 foi declarada Heroína da Pátria Brasileira pela Lei Federal nº 13.697, tendo seu nome inscrito no "Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria", que se encontra no "Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves", situado em Brasília, Distrito Federal.


TURISMO NÁUTICO COM SUSTENTABILIDADE


O Festival Náutico Maria Felipa 2023 promoveu o Turismo Náutico na Baía de Todos-os-Santos através do Iatismo, um esporte sustentável, que utiliza a energia eólica como força motriz para suas embarcações, a fonte energética mais limpa da natureza.


O velejador também se preocupa com o lixo produzido a bordo de suas embarcações. Durante a navegação nada é jogado ao mar, tudo é acondicionado em recipientes a bordo e somente descartado ao desembarcar, em locais apropriados.


O IMPORTANTE LEGADO DO PRODETUR BAHIA


Duas das 11 intervenções do PRODETUR BAHIA na Baía de Todos-os-Santos, através da Secretaria de Turismo da Bahia, sob comando do atuante Secretário Maurício Bacelar, foram vitais para o sucesso do evento – a Marina da Penha e a Marina de Itaparica. Com excelente estrutura e localização privilegiada, atenderam com conforto e segurança o grande número de embarcações e navegadores em todas as etapas, além de muitos visitantes.


Dotar a BTS com estruturas náuticas desse nível é promover e fomentar o Turismo e Esporte Náuticos na maior baía tropical do planeta, gerando oportunidades de desenvolvimento em diversos segmento da economia do estado, com emprego e riqueza para a sua população.


PATROCINADORES E APOIADORES


O FESTIVAL NÁUTICO MARIA FELIPA 2023 foi uma realização da Via Náutica Consultoria e Eventos. Contou com o patrocínio Master da Secretaria de Turismo da Bahia (SETUR/BA) e com o importantíssimo apoio da Prefeitura de Itaparica, cidade anfitriã, através da Secretaria de Turismo.


Apoio Técnico da Federação de Esportes Náuticos do Estado da Bahia - FENEB e da Flotilha de Veleiros de Oceano da Bahia - FVOBA e especial apoio da Campomar Náutica, Fundação Aleixo Belov, Marlúcio Imóveis, Restaurante El Capitan, Delta Yachts, Aratu Iate Clube, M.I.Marine, Dismarmogram Mármores e Granitos, Ocean Brasil Aluguel de Embarcações e Helicópteros e Porto Salvador Marina.


Contou ainda com o apoio da Associação Náutica da Bahia – ANB, Ellas Produções e Eventos Náuticos e Projeto Meninas da Vela e apoio de Mídia da Tribuna da Bahia, Site Mar Bahia, Revista Let´s Go Bahia e Programa A Bordo da Rádio Metrópole FM.


0 comentário

Comments


bottom of page