top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Museu do mar inaugura atividade de caça ao tesouro para crianças

Quer despertar o espírito desbravador, seguindo pistas para descobrir fatos importantes sobre o mar e curiosidades sobre outros povos e culturas? Então, um bom lugar para ir é o Museu do Mar Aleixo Belov, no largo do Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, que inaugura neste sábado, 15, mais uma atividade lúdica permanente para crianças: a caça ao tesouro.


A brincadeira, que visa ainda estimular a curiosidade e a imaginação dos pequenos, acontecerá sempre das 10h às 17h, sem custo adicional, e será guiada pela equipe educativa do museu. Além de toda a diversão, a criança ainda tem a chance de conquistar uma recompensa especial. Para ganhar, basta seguir o mapa e cumprir os desafios até o fim, como antecipa o jornalista Bito Teles, idealizador da caça ao tesouro e autor do livro infantil “Velas Cheias de Sonhos”.


“Não foi fácil fazer com que tantos objetos chegassem ao Museu do Mar. Empenhado com seu espírito desbravador, o velejador Aleixo Belov, pessoalmente, navegou pelos mares do mundo, explorando, recolhendo belezas e curiosidades de todo canto. E agora crianças (e adultos, porque não?) também podem exercitar suas habilidades de desbravador: curiosidade, observação, inteligência, foco e coragem”, pontua.


Durante a caça, os pequenos e seus familiares podem mergulhar no acervo do Museu do Mar, com itens trazidos pelo comandante de suas viagens pelo mundo, e também na recém-inaugurada exposição “Aleixo Belov na Passagem Noroeste”, do fotógrafo Leonardo Papini. A mostra conta com 44 imagens que retratam os locais da expedição marítima rumo ao Ártico, realizada em 2022.


Museu do Mar


Localizado em um casarão amarelo de três andares que mistura arquitetura clássica com moderna no largo do Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o Museu do Mar Aleixo Belov guarda relíquias adquiridas por velejador Aleixo Belov durante as viagens que ele fez ao redor do mundo, sendo três delas em solitário no veleiro “Três Marias”. Essa embarcação, que foi construída pelo próprio comandante em 1976, é o pilar central do espaço, que funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com acesso permitido até as 17h. O ingresso para acessar o local custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Crianças de até 5 anos não pagam. Nas quartas, o acesso é gratuito.


0 comentário

Comments


bottom of page