top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Que tal morar no oceano? Empresa lançará residências subaquáticas em 2027

Um novo projeto de habitat em águas profundas foi lançado pela empresa de tecnologia oceânica e exploração DEEP, que anunciou planos para criar, até 2027, uma presença humana permanente sob os oceanos.



A iniciativa se chama Sentinel, um habitat submersível que oferece espaços individuais com quartos, chuveiros e banheiros, espaços de trabalho, áreas sociais e de jantar, e até salas para pesquisa. No leito oceânico, cientistas e pesquisadores podem permanecer debaixo d’água por longos períodos.


Tudo ali é personalizável e flexível, em espaços que permitem aos humanos viver, trabalhar e prosperar em qualquer lugar na Plataforma Continental. O foco é ter uma missão multigeracional para tornar os humanos aquáticos, com o Sentinel como o primeiro marco significativo desse caminho.


“Queremos trazer a humanidade de volta para o oceano”, diz ele. “É sobre aumentar a conscientização e destacar a importância do oceano, que é o coração e os pulmões de nosso planeta, responsável pelo oxigênio em pelo menos a cada dois suspiros que você dá”, declara Sean Wolpert, presidente da DEEP.


As informações são da Forbes.


Veja como serão os espaços de moradia do Sentinel a seguir:



0 comentário

Comments


bottom of page