top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Salvamar registra redução dos afogamentos no Carnaval

A Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) registrou uma queda de 6% no número de incidentes com afogamentos no período do Carnaval, em relação à folia de 2020. De acordo com os números apresentados, nesta sexta-feira (24), pelo coordenador Kailani Dantas, o total acumulado deste ano foi de 75 salvamentos, sendo 69 no circuito Barra-Ondina, e sete entre o Jardim de Alah e a praia de Ipitanga.

Foto: Bruno Concha

Foram registradas 2.411 ações preventivas, sendo 1.379 na Barra e 1.032 no trecho de orla entre Ipitanga e Jardim de Alah. Na folia de 2020, os números totais apresentados foram 1.257 resgates, 495 ações preventivas, recuperação de 73 crianças perdidas e 31 ações do SOS Praia. Durante o Carnaval, o órgão atuou com um efetivo de 257 agentes, distribuídos no circuito Dodô (Barra-Ondina) e nas demais praias da orla sob responsabilidade da Salvamar (trecho Jardim de Alah a Ipitanga, além das ilhas de Maré e dos Frades), das 8h às 20h.


Estrutura – A estrutura de atuação do órgão durante o verão é composta por moto aquática, pranchões, pés-de-pato, máscaras de mergulho, respiradores, capacetes e botes. Os salva-vidas também realizam medidas preventivas, educacionais, de orientação e de salvamento em ambientes aquáticos, evitando afogamentos e preservando a vida de quem estiver em perigo.


Atualmente, a Salvamar conta com 34 postos espalhados nos 28 quilômetros de orla, desde a praia de Jardim de Alah até a praia de Ipitanga, além de equipes náuticas e de resposta rápida. Outros quatro postos móveis operam, diariamente, servindo também como apoio a eventos do município.


Como acionar – Em caso de emergência, além do contato direto com os profissionais nas praias, o serviço pode ser acionado através do número (71) 3202-4970. Já nas demais praias fora do trecho Jardim de Alah/Ipitanga, o contato deverá ser feito com o Grupamento Marítimo (Gmar), do Corpo de Bombeiros, pelo número 193.

0 comentário

Comentários


bottom of page