• Mar Bahia

Tartarugas marinhas desovam em praias de Salvador


Demorou, mas depois de 30 anos e muito trabalho no cuidado à preservação, as tartarugas marinhas das espécies Cabeçuda, Pente, Oliva e Verde têm desovado em praias de Salvador. Antes disso, as espécies eram levadas para a praia de Busca Vida, em Lauro de Freitas, devido às ações urbanas na capital baiana.


De acordo com a bióloga Natália Berchieri, do projeto Tamar, ações de conscientização com a população tornaram possível a volta do processo de reprodução dos animais na cidade. Na praia de Itapuã, há 250 ninhos das quatro espécies dispostos em cercados. Segundo Berchieri, por ano são gerados 25 mil filhotes no período de desova, de setembro a março. "A média por ninho são de 120 ovos que elas colocam. O tempo de incubação é de 50 dias, para os filhotes poderem se desenvolver embaixo da areia, emergir e caminhar até o mar", disse ao portal G1. Ainda segundo a bióloga, a área onde os cercados estão é estudada há cinco anos e monitorada desde 1990.


#tartarugasmarinhas #tamar #marbahia


Foto: Divulgação/Tamar

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.