• Mar Bahia

Recifes artificiais serão criados na Baia de Todos os Santos

Falta pouco para a Baia de Todos os Santos finalmente se tornar um point de mergulho em recifes artificiais. O cronograma de ações para execução do naufrágio controlado de navios foi discutido nesta quarta-feira (29), na Secretaria do Turismo da Bahia. A previsão é que nos próximos seis meses sejam realizados os serviços técnicos para criação de três recifes e novas áreas para contemplação da vida marinha, atraindo mergulhadores e turistas do Brasil e do exterior.

Foto: Marcelo Krause

O presidente da Associação de Mergulhadores da Bahia, Igor Carneiro, reafirmou o interesse dos mergulhadores por novas áreas: “Somos ávidos por novidades. Viajamos por vários países em busca de novos cenários submarinos”, disse. A história, função social e formato das embarcações também são aspectos relevantes neste segmento, acrescentou Rodrigo Melo, responsável operacional da Engesub Serviços Subaquáticos. A área monitorada para os trabalhos oferece uma série de vantagens, como a proximidade dos pontos de mergulho. “Enquanto em outros lugares é preciso navegar até duas horas, aqui serão cinco minutos, o que aumenta a atratividade e dinamiza os passeios”.

Foto: Tatiana Azeviche

Antes do afundamento, os navios são vistoriados e preparados. Todas as peças que possam representar riscos aos mergulhadores são retiradas, bem como todo material tóxico, evitando a contaminação do meio ambiente. Equipes da Marinha e de órgãos ambientais também realizam inspeções. Após o afundamento, estima-se que em dois meses já haja formação dos recifes. “A gente solicitou os dois ferry-boats, mas já temos outros navios e barcos rebocadores que foram doações de empresas”, declarou o secretário de turismo José Alves.


#mergulho #recifesartificiais #baiadetodosossantos #marbahia

© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.