top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Velejadores baianos disputam 34ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha


Foto: Ádamo Mello

A bordo do veleiro Stanley Marujo's, os irmãos baianos Wallace e Gerald Wicks, comandantes da embarcação, vão disputar a 34ª edição da Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha (REFENO), na Classe VPRS. Essa será a vigésima segunda participação dos Wicks na REFENO, considerada a maior regata oceânica da América Latina. Em 2021, eles foram campeões da competição pela quarta vez, na classe ORC e, no ano passado, conquistaram o segundo lugar na classe VPRS. A tradicional regata, organizada pelo Cabanga Iate Clube de Pernambuco, terá sua partida no dia 23 de setembro, a partir das 11h30, do Marco Zero, no Recife, e chegada no arquipélago de Fernando de Noronha.


No próximo sábado, dia 16, o veleiro Stanley Marujo’s, que tem como patrocinadores oficiais a Stanley e a Z6 Náutica, deixa o Aratu Iate Clube, em Simões Filho (BA), rumo a Recife para participar da competição. “Além de desafiadora, pois temos que enfrentar todas as condições meteorológicos e do mar por longas horas, a competição também é uma grande celebração para todos que amam a vela oceânica”, revela Wallace Wicks.


A Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha é um desafio de 300 milhas náuticas de travessia oceânica, entre céu e mar, o que corresponde a 560 quilômetros, a serem percorridos por barcos de diferentes estados brasileiros e de outros países.


Para a competição, a tripulação do Stanley Marujo’s será formada por Wallace Wicks (Salvador), Gerald Wicks (Salvador), Agatha Wicks (Salvador), Francesco Colombo (Porto Alegre), Dabilson Victor Vasconcelos (Salvador), Caio Gabriel Marcondes (Belo Horizonte), Anderson Assunção (Salvador), André Azevedo (Recife), Sérgio Santos Rodrigues (Belo Horizonte), Flávio Boson (Belo Horizonte), Humberto Vazimult (Salvador), Jordon Neuberger (Salvador) e André Vieira (Belo Horizonte).


Os irmãos Wicks velejam em família há muito tempo e acumulam títulos importantes em regatas pelo Brasil. Foram quatro vezes campeões da Regata Recife - Fernando de Noronha; ficaram em primeiro lugar três vezes também na Regata Salvador – Ilhéus e foram campeões baianos de Vela de Oceano seis vezes. Dentre os títulos, destacam-se também o terceiro lugar no Sul Americano de Vela Oceânica (2011) e terceiro colocado também na Semana de Vela de Ilhabela (2011, 2019 e 2022). O Marujo's também conquistou a Fita Azul na Regata Aratu - Maragojipe 2023.

0 comentário

Comments


bottom of page