top of page
  • Foto do escritorMar Bahia

Velejadores baianos Juliana e Rafael disputam seletiva final para representar o Brasil no Pan 2023

Os velejadores Juliana Duque e Rafael Martins, bicampeões brasileiros da Classe Snipe, disputam a 2ª edição da Copa Brasil de Praia, de 29 de maio a 4 de junho, em Arraial do Cabo (RJ). A competição, organizada pela Confederação Brasileira de Vela, vale como seletiva final para definição da equipe brasileira dos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023.

Foto: Larissa Stolze

Na competição, a dupla baiana vai tentar garantir a vaga para representar o Brasil, na classe Snipe, no Pan-Americano 2023, que acontece no Chile, entre 20 de outubro e 5 de novembro deste ano. Em março, Juliana e Rafael, garantiram a vaga para a vela brasileira participar do Pan na Classe Snipe ao conquistarem o segundo lugar no Campeonato do Hemisfério Ocidental e Ásia (WH&A).


“Acabamos de retornar de uma temporada intensa de treino e muito aprendizado na Espanha e na França. A Copa Brasil de Praia é um desafio e vamos tentar garantir a vaga para o Pan”, afirmou Rafael Martins. Juliana Duque reforçou: “estamos com foco total na preparação, queremos participar pela segunda vez do Pan-Americano”. A dupla foi medalha de bronze, na classe Snipe, no Pan-Americano de 2019, realizado no Peru.


Dupla na vida e no barco


Atletas do Yacht Clube da Bahia, Juliana e Rafael se conheceram no clube. A paixão pela vela e pelo mar fez com que se tornassem grandes amigos. Não demorou muito e começaram a namorar. Hoje são casados e, além de uma vida em comum, dividem o mesmo barco desde 2016 como atletas profissionais.


Competindo na classe Snipe, a dupla já conquistou inúmeros títulos nacionais e internacionais, como o Campeonato Sulamericano, o segundo lugar no Campeonato do Hemisfério Ocidental e o bronze no último Pan-Americano, dentre outras conquistas.


O snipe é um veleiro monotipo de 4,7m de comprimento e duas velas para dois tripulantes (timoneiro e proeiro). É considerada a classe de vela que mais formou medalhistas olímpicos e Pan-Americanos para o Brasil. Projetado em 1931 pelo norte-americano William Crosby, o Snipe.


0 comentário

Comments


bottom of page