• Mar Bahia

Projeto de réplicas de embarcações atravessa gerações em Mar Grande

Uma paixão pelo mar que atravessa gerações. Assim o artesão baiano Ademir Santana vai talhando, a cada réplica de embarcação que constrói, a história do ofício que aprendeu com o pai, Américo, e também já passou para seu filho, Afonso Santana.

Foto: Afonso Santana

Veja também:

A especial arte de construir embarcações em miniaturas Projeto Içar: arquiteto baiano inova para salvar legado dos saveiros

Os mestres navegadores saveiristas


Na comunidade da Gamboa, em Mar Grande, Seu Ademir fez do talento o projeto social Vamos Navegar, aonde ensina a construção de miniaturas de saveiros a interessados de todas as idades em aprender e perpetuar as técnicas que lida desde os dez anos. No projeto, realiza oficinas, ensinando conceitos de navegação, estudo das réplicas artesanais e o aproveitamento de materiais reciclados, como pedaços de madeira achados na praia e retalhos de tecidos para a construção das velas.

Foto: Rede Bahia

Anualmente, promove também a Regata de Mini Saveiros - evento que se mantém vivo há 60 anos em Vera Cruz, apesar de todas as dificuldades, e que é o resultado das réplicas feitas no projeto.

Foto: Afonso Santana

"O projeto tem o intuito de ensinar aos jovens a prática de velejar, já que os mini saveiros utilizam a mesma regra de navegação que a de um saveiro tradicional. A nossa perspectiva para o futuro é que o projeto ganhe mais força, que mais pessoas se interessem a não deixar a cultura morrer e que possamos encontrar apoiadores para seguir em frente com essa arte genial", declara Afonso Santana.


Quem quiser adquirir miniaturas ou contribuir com o projeto, pode entrar em contato diretamente pelo (71) 99207. 3600 ou (71) 3633.3858


© 2017. Mar Bahia. Todos os direitos reservados.